Um ano de PHP Day Uruguai

Hoje fazem exatos 365 dias que tive algumas das mais intensas experiências de vida. Mas antes vamos contextualizar.

Comecei a palestrar publicamente no começo de 2015 e quando digo publicamente quero dizer não para a galera do escritório e sim para uma galera que não conheço. Já participava de alguns conferences e meetups, sempre achei interessante o trabalho que a galera tinha para organizer os eventos, dinâmicas interessantes, comida e bebida para os participantes, trazer conteúdo de qualidade, essas coisas. Isso fica mais evidente principalmente em meetups que pelo tamanho reduzido te traz proximidade com os organizadores.

E foi assim que começou: Eu queria muito ir a um meetup mas eu tinha aula no dia e precisava de algum documento que comprovasse que eu participei do evento, até ai tranquilo, pedi para o Rogério do PHPSP que era um dos organizadores do evento na época, só que ele disse que só assinaria o documento se eu fizesse uma lightning talk. Foi nessa hora que imaginei, ah, nem queria tanto mesmo!? Mas no fim aceitei o desafio e tentei correr atras de algo para falar que não fosse mais do mesmo. Como decidir sobre o que iria falar? Bom, só pensei no Fig que na época já se chamava Docker Compose.

vagrant meetup #1

Foi assim que tomei gosto criei coragem e mandei proposta de palestra em todos os call for papers que via. Palestrei num workshop na faculdade, palestrei no meetup de Laravel, fui aprovado para palestrar no PHP Conference Brasil e fui aprovado para palestrar no PHP Day em Montevidéu, Uruguai.

Palestrando

Docker já era um negócio novo, como falar de Docker pra galera de PHP do Uruguai? Meu espanhol não existia, solução: tentar em inglês. Fazia algum tempo que não precisava manter um diálogo em inglês então passei o mês de julho treinando e me planejando pra levar a patroa e minha herdeira que só tinha 1 ano e dois meses.

Embarcando

Eventos de TI e comunidade são muito especiais, são momentos que você aprende muito (eu sempre volto de eventos querendo mudar quase tudo onde trabalho), dá muitas risadas e faz amigos.

Diego Sapriza e Ismael Ambrosi que organizaram grande parte do evento foram sempre super solícitos, sempre preocupados em ajudar. Vale lembrar que ainda devo um pizza quando vierem a São Paulo.

Organizadores